sexta-feira, 9 de abril de 2010

A corrida

Todo dia apostamos numa corrida em que queremos ser vencedores. É um páreo difícil. Há cavalos fortes, há cavalos fracos. Chega em primeiro quem tem a melhor disposição para vencer as adversidades. Apostamos tanto. Apostamos muitas vezes num cavalo medíocre. Apostar no cavalo certo, no vencedor, é o grande enigma. As vezes, inconcientemente, apostamos. E perdemos tempo, dinheiro e saúde. Quando, num dia inesperado, sem a menor perspectiva, ganhamos, é uma alegria, um sentimento de vitória que levamos noite adentro, entre sonhos e uma sensação de felicidade indescritíveis. Todo dia sonhamos com essa vitória. Ganharemos poucas vezes na vida, quiçá nem uma vez. Mas a vida é sonho, e os sonhos, sonhos são.

Um comentário: